United States of South Brazil

Com o lema “Brasil acima de tudo, Deus acima de Todos e Rei Messias acima desses dois aí”, Brasil do Sul excluirá todo o mundo pensante

Imagem: Monero Rapé
por Tom Cardoso

Quando a vacina chegar precisamos colocar logo em prática aquele plano de separar o Brasil, erguendo um grande muro na fronteiriça Goiânia. Serão convidados a morar no Brasil do Norte, presidido por Flávio Dino, todos os brasileiros que acreditam na educação como único caminho de transformação do país.

Contribua com O Partisano - Catarse dO Partisano

Os evangélicos serão bem-vindos, mas vão pagar imposto. E para cada igreja erguida, uma contrapartida: repassar parte dos lucros para o plano de reconstrução de cinemas, teatros e livrarias de rua.

Todo morador do Brasil do Norte terá o direito de receber, por mês, uma cesta básica de cultura, composta por ingressos para espetáculos e um livro de um grande autor nacional. Machado vai virar best-seller. Graciliano e Lima Barreto, também.

Leia também:  Miami, 22 de novembro de 2019

O Brasil do Norte fará valer, na prática, o lema positivista:

“O amor por princípio, a ordem por base e o progresso por fim”.

O muro começará a ser erguido após a chegada do último morador, vindo do Sul. Luís Fernando Veríssimo lançará a pedra inaugural. Enquanto isso, do outro lado, o Brasil do Sul, rebatizado de United States Of South Brazil, presidido por Jair Bolsonaro, rei supremo da monarquia presidencialista de alta colisão, vai promulgar uma nova Constituição.
O lema, já conhecido, terá um novo adendo:

Leia também:  Chuva | por Felipe Mendonça

“Brasil acima de tudo, Deus acima de Todos e Rei Messias acima desses dois aí”.

Todo morador do Brasil do Sul teria o direito de receber uma cesta básica do governo, composta por uma pistola, oito cartuchos com munição, 15 cartelas de cloroquina e um saco de pó químico, para castrar maricas que insistirem em usar máscara e tomar vacina.

Homem que não coçar o saco na rua será multado. Em caso de reincidência, prisão perpétua.

O poderoso Ministro da Família, Abraham Weintraub, anunciará o primeiro grande projeto de lazer de sua gestão: construir a maior churrasqueira do mundo. A grelha de 200 metros será colocada no vão livre do Masp, na Avenida Paulista.

Contribua com O Partisano - Catarse dO Partisano

O gigante muro separará para sempre os moradores do Brasil do Sul de gays, maconheiros, ateus e leitores. E haverá risco de morte para quem caminhar na direção contrária do muro: a terra é plana.

Um comentário

  1. Se é para seguir no caminho da baboseira de viés bairrista do artigo, fico e não abro com o “Brasil do Sul”, por duas grandes razões. Primeira, me horroriza a idéia de viver sob o reino do Flávio Dino; segunda, com o direito de toda a população sulina a “uma pistola” e “oito cartuchos”, dá para ir procurar mais munição e, assim, poder, eventualmente, livrar os gentis leitores nortista de Machado de Assis da situação que vivemos!

Deixe uma resposta