O Big Fone do BBBoulos

Com medo de ser cancelado, Lula recorre aos intelectuais do Leblon para saber se pode usar o banheiro ou tem que fazer autocrítica antes

Imagem: reprodução
por Vinícius Carvalho

A partir de agora o Lula vai ter que usar o Big Fone do Boulos até para pedir pra ir ao banheiro fazer o número 2:

Contribua com O Partisano - Catarse dO Partisano

– Companheiro Boulos, comi uma rabada que não desceu bem e tô sentindo umas pontadas aqui do lado esquerdo, a Janja já tá reclamando. Será que você, o Flávio Dino, a Paula Lavigne, o Nildo Ouriques e o Instituto FHC me dão a permissão para largar um barro?

– Fazer o quê, presidente?

– Escorregar o moreno, companheiro.

Leia também:  Tempo | por Deborah Dornellas

– Tenho que ver com a lista de intelectuais do Leblon antes. Aliás, sua fossa é ecológica?

– Não, eu moro em prédio.

– Ahh, isso fere o Estatuto Ecossocialista. Deixa eu botar a Sabrina Fernandes aqui na chamada.

– Oi, Sabrina, o presidente quer cagar mas não tem banheiro ecológico em casa.

– Caga na folha de bananeira e enterra.

– Presidente, viu aí?

– Ouvi sim. Muito obrigado, companheiro.

– PÉRA, PÉRA, PÉRA. Não é assim não, falta assinar a ata!

Leia também:  Fragmentos incertos num mundo sem vitamina D

– Companheiro Boulos, eu não estou aguentando mais.

– Não vai ter copa! E as remoções? E os movimentos sociais?

– MAS EU QUERO É REMOVER ALGO MESMO. PELO AMOR DE DEUS, MEUS MOVIMENTOS INTESTINAIS NÃO AGUENTAM MAIS.

– Isso é um reacionarismo e um sectarismo tacanho da sua parte, oriundo do acordo do PT com os bancos e o centrão. E o Levy?

– Ah, Boulos, vai pra porra. Me caguei, tá vendo aí?

Contribua com O Partisano - Catarse dO Partisano

– Pois é, isso é o antipetismo, nós avisamos, mas o hegemonismo de vocês é demais.

Deixe uma resposta