As taras pedófilas que permeiam todo fascista

Americanófilo, voz de cabrito, eleitor e entusiasta de Bolsonaro desde o primeiro momento, Eduardo Costa ganhou o título honorário e imaterial de “cidadão de bem”

General fascista com uma criança etíope: "Que simpático animalzinho"
uma crônica de Vinícius Carvalho

E o paspalho-mor, o primeiro “músico” (entre aspas, porque né…?) sertanejo a sair-do-armário-do-fascismo, e o fez dando voadora, foi o tal de Eduardo Costa. Americanófilo, voz de cabrito, eleitor e entusiasta de Bolsonaro desde o primeiro momento, violento e misógino, ganhou o título honorário e imaterial de “cidadão de bem”, conforme contava bravatas do tipo que playboys agropecuários da roça aplaudem, como comer cu de mulher bêbada à força após a balada, coisa típica dessa gente, após pregar extermínio de comunistas e essas coisas todas que vocês já sabem.

Contribua com O Partisano - Catarse dO Partisano

Numa conjuntura de país onde bastava você dizer essas coisas para ser aplaudido por sua “coragem” em “falar as verdades”, que “era liberdade de expressão”, “o mundo estava ficando muito chato” e etc. Muita gente estúpida ficou famosa e virou “influencer digital” assim: Nando Moura, MBL, Kim Katagrana, Mamãe Caguei, Danilo Gentilo, Carioca do Penico e etc.

Ontem, numa dessas lives odientas de sertanejo, Eduardo Costa ao lado de outra figura nefasta, o tal de Leonardo, fala sobre a filha de poucos meses de uma tal de Thaeme (quem?): “Fiquei sabendo que você foi mãe! Seu menino é bonito demais! Me leva ver o seu menino, que aí eu fico olhando pro menino e consigo dar uma trepada, eu lembro do seu menino, aí eu fico lá trepando e lembrando só do seu menino…”. Sendo que na verdade o bebê era uma menina, pouco importa, mas, isso talvez aumentasse a repulsa sob o olhar machista da sociedade que caras como o Eduardo representa.

Leia também:  Estamos vestidos com as roupas e as armas de George

Ele, óbvio, chorou hoje, pediu desculpas e ai de nós que reclamemos ou que DENUNCIEMOS O PADRÃO SOCIAL PROFESSADO PELO SERTANEJO UNIVERSITÁRIO. AFINAL, QUEM SOMOS NÓS, NOBRES ARROGANTES PARA RECLAMAR DAQUILO QUE O “POVÃO GOSTA”? AFINAL,TUDO O QUE É POPULAR, TEM QUE PRESTAR.

E a Thaeme? Ahhh a Thaeme, como uma boa barbie sertaneja da voz de cabrito, ladina que só ela, exatamente como aquilo que os “homens agroboys” cantam, soltou apenas um, “já está tudo certo e resolvido”. E vai acontecer sabe o quê? Porra nenhuma. Ele é certificado e graduado “cidadão de bem”. Qualquer ataque a ele vai ser coisa de “esquerdixxta”. Eduardo Costa ainda está ameaçando de processo quem o insultou.

Leia também:  Véu | por Fernanda Noal

Agora o pior, entrem (mentira, entrem não) no seu Instagram, e vejam os milhares de banguelas e minas que…deixa pra lá que não quero arrumar confusão com a lacrianes e fadas nazi-sensatas da minha timeline…exaltando esse verme? No dia de hoje, já após o crime. Entenderam aí porque tem tanta gente pedindo pra tirar foto com o Goleiro Bruno, enquanto um Aldir Blanc morre esquecido num hospital, após sua família implorar por um leito? Isso aí era papo de escrever essa frase na testa dele, e desovar lá na Favela de Acari e deixar com que o “Carro da Lapada” o julgasse.

O curioso de toda essa gente é que todo fascista tem tara por moralismo sexual. Para eles, comer mulher bêbada à força é coisa de hétero tradicional, conservador, e se é conservador, logo, é algo que remete às tradições cristãs, de quando o país era “bom” e etc. É um moralismo, um tal de pedir morte de pedófilos pra lá e pra cá. Só que eu sempre acho que essa gente, na verdade, usa dessas alegorias justamente para esconder os desejos da sua alma.

Leia também:  Memória | por Deborah Dornellas

Mais ou menos como aquele pastor Marcos Pereira hipermoralista que foi flagrado num escândalo sexual, onde mantinha um “harém” de “irmãs” da sua igreja, e vazou aquele fatídico grampo, cuja irmãzinha atende o ejaculante, telefone e ele ao invés de falar alô, já se tremendo de uma luxúria digna de deixar a Cleópatra arrepiada lá do inferno tascou um: “SAUDADE DO TEU RABO”.

Contribua com O Partisano - Catarse dO Partisano

Essa gente explica o governo Bolsonaro. E, mais ainda, explica o tamanho do buraco em que estamos metidos.

Um comentário

Deixe uma resposta