Ministro da Justiça manda prender todos os cartunistas do país

Depois de serem soterrados por centenas de charges em apoio a Renato Aroeira, os estrategistas do bolsonarismo decidem montar uma Papuda do humor

Imagem: Quinho
por Santiago Vargas

Após o episódio de ontem (16) onde Bolsonaro usou o ministério da justiça para buscar censurar uma charge de Renato Aroeira, uma verdadeira tropa do traço se mobilizou para prestar solidariedade ao cartunista. Dos mais ilustres, como o cubano Boligán e o premiado Dálcio Machado, aos anônimos e independentes, ilustradores do Brasil e do mundo fizeram suas versões do desenho de Aroeira, numa “charge continuada”, parodiando o título da obra original.

O ministro André Mendonça, responsável pelo pedido de abertura de inquérito contra a charge, se reuniu com renomados terraplanistas do direito para discutir o caso. Fontes de dentro do governo revelam que a ação será ampliada e que a PF levará em cana cada cartunista que fizer piada com a ideologia do Führer brazuca, e investigará todo cidadão brasileiro que possuir papel e caneta em sua residência, garantindo que ninguém retrate o presidente ao lado de uma suástica, mesmo depois do episódio do secretário cosplay de Goebbels e de Bolsonaro afirmar que não tem problema em ser comparado com Hitler. Crianças a partir de três anos também serão investigadas.

Confira abaixo uma galeria com os desenhos desses verdadeiros terroristas do humor gráfico:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta