Guedes: quer viver ou quer durar? feat. Daniel Silveira e Cunha

Enquanto você se preocupava com os freios do seu carro após a fala de Guedes, Cunha tá em casa desde o ano passado e o Daniel Silveira virou réu. Médio dia.

Ilustração: Cássio Tisseo
por Bibi Tavares

É muito difícil ficar em dia com as cagadas do governo Bolsonaro, um sujeitinho sem carisma, sem talento, sem caráter, sem equilíbrio, enfim, um cacto falante. Aqui, o cidadão já acorda sendo informado que o Paulo Guedes quer que ele morra antes dos 50 anos. O trambiqueiro da Economia não sabia que estava sendo filmado e transmitido na reunião do Conselho de Saúde Complementar, e num lapso de sincericídio, mandou: “todo mundo quer viver 100 anos, 120, 130 anos, não há capacidade de investimento para que o Estado consiga acompanhar”. Pois é, que saco esse povo que não quer morrer. Quer viver ou quer durar?

Contribua com O Partisano - Catarse dO Partisano

Em tradução livre, Guedes disse mais ou menos assim: daqui a pouco a empregada doméstica vai querer ter a mesma expectativa de vida do patrão, como é que fica a economia se todo mundo tiver três refeições por dia?” Agora a gente sabe o porquê do desespero pra passar as reformas trabalhista e da previdência, com a qualidade de vida similar à época da escravidão, com certeza o brasileiro não vai passar dos 35,5 anos e a economia vai decolar. De frente pro Everest.

Leia também:  Segundo PF, peido de senador fazia som de caixa registradora

O que eu admiro mesmo no ministro da Economia do Bolsonaro é que ele tem a língua maior do que a ficha criminal da familícia. Pauno Guedes abriu o coração de vez e na última terça (27), disse que os chineses inventaram o coronavírus. Agora eu te pergunto, que moral tem o ministro de um país que criou o Bolsonaro, acusar a China de qualquer coisa que seja? Nem a demora dos produtos da AliExpress foi criticada mais desde que chegou aqui a CoronaVac. As pessoas precisam voltar a ter vergonha de serem burras, é questão de ordem, condição sine qua non pro avanço da civilização brasileira, coisa que tá precária.

Quase um grande dia

Enquanto você estava preocupado com o Pauno Guedes cortar o freio do seu carro, o Supremo fez do Daniel Silveira o mais novo réu do rolê. Agora, as chances dele passar um bom tempo quebrando placas – ou pregas – na cadeia, são consideráveis. Inclusive, recomendo esse vídeo do Alexandre de Moraes repetindo as falas do Silveira sobre o ministro: “Cabeça de ovo.”

Pois é, às vezes a Justiça funciona assim, meia boca, trabalhando em cima de uns crimes que mais parecem caprichos. Entretanto, a cerejinha do bolo mofado de hoje foi a revogação da prisão do famoso viajante do tempo, autor do impeachment e de outras cagadas, Eduardo Cunha. Ele estava em prisão domiciliar desde março de 2020.

Leia também:  "Não era minha", defende-se Magno Malta

Pode ser uma captura de tela do Twitter de 1 pessoa e texto que diz "DeputadoEduardoCunha @DepEduardoCunha Esse BBB ja encheu a paciencia. Ta esgotado e ninguem aguenta mais. 23:36 28 mar 11 Twitter for BlackBerry®"

Pois é, Cunha, eu também não aguento mais essa programinha mequetrefe. Agora, sem tornozeleira e sem prisão domiciliar, Cunha apenas não poderá sair do Brasil. Tem castigo maior que esse no momento? Fato é que o helminto ex-presidente da Câmara foi peça fundamental no golpe. Foi ele quem abriu os caminhos para que o país fosse ao encontro do abismo chamado Bolsonaro, e não tem guindaste que tire a gente dessa.

Contribua com O Partisano - Catarse dO Partisano

Alguma coisa ainda se aproveita do que o Guedes falou. Por um lado, eu vou ter que concordar, tem certas pessoas passando da validade já, esse governo está com uma expectativa de vida que não corresponde às suas ações.

Deixe uma resposta