Doria pensa em voltar a protagonizar surubas após traição do PSDB

Depois de ser macetado em público pelo PSDB ao ter que retirar sua pré-candidatura, Doria considera voltar a macetar em surubas, “pelo menos me divirto”, teria afirmado.

Dorinha a chorar
por Bibi Tavares

E a Lua em gêmeos ataca novamente, mas não só. Mercúrio retrógrado está macetando nosso maior usuário de suéter de pelos de cabras, também conhecidos como João Doria e blusa de cashmere. Na manhã dessa segunda-feira (23), pela segunda vez, o ex-governador de São Paulo anunciou que não será mais o pré-candidato à presidência pelo PSDB. Mostrando ser legítimo discípulo de Odorico Paraguaçu e de Jânio Quadros, fê-lo “com o coração ferido e a alma leve”.

Contribua com O Partisano - Catarse dO Partisano

Após meses disputando com o gaúcho Eduardo Leite a pré-candidatura da legenda, Doria levou uma rasteira do PSDB, que até aqui também escondeu o Leite. Ambos foram trocados pela pré-candidata ruralista Simone Tebet (MDB/MS) que está aí para mostrar que representatividade não é lá essas coisas e que conquista feminista é só de esquerda. A senadora já rendeu bons barracos na CPI da Covid no ano passado, e promete alavancar a produção nacional de memes, já que a terceira via é uma piada — na melhor das hipóteses um enredo de balada de corno do Reginaldo Rossi.

Leia também:  Felipe Neto lansa a braba e revela: Foi Golpe!

Que resta agora para o João Decididor, senão voltar a protagonizar vídeos de suruba? Fontes fidedignas afirmam que o ex-governador tem consultado cartas de tarô diariamente para ver se sua situação melhora. Banho de arruda, sal grosso e anis-estrelado também foram recomendados por sua taróloga. Um amigo próximo contou que Doria teria dito que: “já que é pra todo mundo me foder assim em público, prefiro que seja em vídeo de suruba, pelo menos me divirto. Que? Zap dos crentes? Manda pra casa do caralBolsonaro”.

Leia também:  70% e Antifas: qual é a cilada, Bino?

Até aqui, o ex-apresentador televisivo apresentou nada além de uma trajetória política decisiva. Ou não. Decidiu ser prefeito. Desistiu para ser governador. Decidiu ser bolsonarista. Desistiu de ser bolsonarista e governador para ser presidente. Depois desistiu. Depois decidiu desisti de desistir. Agora, por fim, chorando sobre o Leite derramado, decidiu novamente desistir. O homem virou um sinônimo de decisão. Ou não.

Ouviu-se hoje na fila da casa de swing:

” — Mas amiga, você não tinha desistido daquele boy?”

Contribua com O Partisano - Catarse dO Partisano

” — Isso foi ontem. Hoje acordei meio João Doria, sabe? Desisti de desistir.”

Leia também:  O intestino preso vai derrubar o presidente?

 

Deixe uma resposta