Cientistas comprovam: Pedro Bial falando só se for no mudo

Depois de entrevistar Flordelis, Olavo de Carvalho e Moro, Bial quer usar polígrafo só com Lula

por Bibi Tavares

Não sei se vocês se lembram, mas tem fulaninho aí, ex-apresentador do Big Brother Brasil, achando que tem alguma moral pra falar do Lula. Pedro Bial, também conhecido como pet da Rede Globo por… mim, afirmou que só entrevistaria o ex-presidente ao vivo se fosse usado um polígrafo. O comentário foi feito no Manhattan Connection, aquele programa que conta com a presença de Diogo Mainardi. Aliás, alguém sabe se ele já se jogou do 15º andar de um prédio? Diogo, estamos com você!

Contribua com O Partisano - Catarse dO Partisano

Almofadinha convicto, Pedro Bial perdeu mais uma chance de ficar calado e a internet teve que ressuscitar uma entrevista dele para o Jô Soares. Na conversa, Bial fala que o golpe de 64 foi, na verdade, um contragolpe. Não contente, ainda disse que os historiadores utilizam os três termos, golpe, revolução e contragolpe, para se referirem à ditadura militar. Se ele estiver falando de historiadores formados no Instituto Mises, pode até ser.

Convidados de caráter duvidoso

O fato é que Pedro Bial é mais um daqueles jornalistazinhos que se a gente tivesse que dar uma nota, seria dó. Poliglota, fala bonito, português e muita bosta. Nem me espanto, se você parar pra pensar que Bial vem da Rede Globo, é completamente normal que ele seja essa pessoa xexelenta. Aliás, se usar um polígrafo no Jornal Nacional, só sobra o “boa noite”, nem o “até amanhã” se salva, porque talvez a gente morra de coronga antes.

Leia também:  Ganhames! Vai ter repressãe inclusive para todes

Bialeco quer usar polígrafo com o Lula, mas arreganhou os braços pra entrevistar o mentiroso mais famoso dos últimos tempos, Sérgio Moro. O ex-juiz passou os últimos anos contando tanta mentira que o Gepeto, pai do Pinóquio, pensou em pedir teste de paternidade no programa do João Kleber.

Se você acha que para por aí, a lista de entrevistados que realmente precisariam de um polígrafo vai longe. Em março desse ano, Pedro Bial entrevistou a deputada Flordelis, acusada de mandar matar o próprio marido. Assim, quer entrevistar uma doente da cabeça que organiza a morte do conje?, beleza, mas não abre a boca pra falar do Lula.

Leia também:  Pazuello confirma vacinação no dia D - São Nunca

Olavo, um brilhante pensador

A direita se utiliza de lógicas muito peculiares pra pensar. Bom, eu nem julgo, às vezes faltou oxigênio no parto. Mas o ponto alto desse aglomerado de lixo hospitalar foi o Bial ir até a Virgínia, nos EUA, pra entrevistar Olavo de Carvalho, “um brilhante pensador da direita brasileira”, em suas palavras. O cara sai daqui pra ir lá massagear as bolas do Olavo, só faltou o óleo de côco.

A entrevista aconteceu em 2020, em 31 de março, data do golpe militar no Brasil. Pois é, Pedro Bial está para o jornalismo assim como Olavo está para a filosofia. Como entrevistador, é um ótimo apresentador de BBB. 

Contribua com O Partisano - Catarse dO Partisano

A verdade é que o Lula atropelaria o Bial numa entrevista, e sairia de lá pedindo asilo. Saudades mesmo do Jô Soares, que com o Lula aprendeu até a lavar as mãos na ausência do mindinho:

Deixe uma resposta