Bolsonaro lança reality show de sobrevivência, Brasil inteiro participa

Quem não morrer vai participar do quadro do Caldeirão do Huck, o prêmio final não inclui vacina e máscara, só três parcelas de 50 reais em auxílio

Imagem: NLshop
por Bibi Tavares

O Brasil está com os dias contados. Não que a gente não soubesse, mas é que agora o país já se encontra em vias de desligar os aparelhos. Inspirado no BBB, o presidente lançou o reality show chamado “Você que Lute”. A graça do programa é sujeitar as famílias brasileiras ao confinamento em suas próprias casas durante a pandemia, independentemente do número de integrantes e mesmo que a casa possua somente dois cômodos.

Contribua com O Partisano - Catarse dO Partisano

Com assessoria grátis do apresentador Luciano Huck, o reality também conta com provas de resistência. Uma delas é deixar a família esperando por tempo indeterminado o auxílio emergencial em que elas têm que se cadastrar. Só que as famílias não têm internet, apenas celulares pré-pagos com uma quantidade ínfima de dados disponíveis. Lembrando que a família ainda tem que decidir se gasta esses dados móveis para baixar o aplicativo do auxílio ou deixar o Juninho acessar sua atividade online da escola.

Leia também:  Gafanhotos iniciam mochilão pela América do Sul

Como a democracia aqui tem mais falhas que a masculinidade do Eduardo Costa, o próprio presidente indicou o povo brasileiro para o paredão, mas como só burguês safado vota, apenas pobres estão sendo eliminados. Um ou outro vovozinho dono de alguma conta bancária gorda também deve ter empacotado, mas daí já é exceção. O presidente também virou o maior militante pela não utilização de máscaras e não fica nem vermelho. É nessas horas que sua vocação para ser coveiro fala mais alto.

Na live do último dia 25, o gênio assintomático falou sobre os malefícios (???) do uso de máscaras, medida recomendada pela OMS para diminuir a transmissão do coronguinha. Na live, Bolso cita o estudo de uma universidade alemã. Nele, consta que as máscaras prejudicam as crianças, causando irritabilidade, dores de cabeça, vertigem, etc. Depois de dizer 86 vezes que não iria entrar em detalhes sobre o “estudo”, por incrível que pareça, Bolsonaro continua a falar. Dá pra sentir o cheiro de enxofre do repertório dele até pelo YouTube. Por acaso, no tal estudo não constava que o principal efeito colateral do não uso de máscaras é morrer. Daí você pode morrer por falta de ar ou qualquer outra complicação, fica a critério do cliente.

Contribua com O Partisano - Catarse dO Partisano

Você pode achar isso um absurdo, mas é apenas mais uma prova de resistência do Você que Lute Coronga Edition 2021. Nessa prova, o povo pobre é obrigado a conviver com negacionistas arrombados que andam sem máscara, envolvendo as pessoas em nuvens de perdigotos. Talvez fosse melhor ter ficado somente com a nuvem de gafanhotos, né non? Idosas caquéticas tipo Regina Duarte também irão desfilar sem máscara na frente de suas empregadas domésticas. Quem sobreviver ao Você que Lute, terá direito a três parcelas de auxílio emergencial, mas só depois que equilibrar seis ovos numa colher de sobremesa em cima do nariz enquanto dança a velocidade 6 do créu, no Caldeirão do Huck.

Deixe uma resposta